Torneio de Integração Solidário movimenta Colégio Mauá a partir desta quinta-feira

Blog do Mauá


Chaparral, Cometa e Atlântis voltam a entrar em cena na semana que vem. Entre os dias 16 e 29 de maio, as três equipes vão movimentar o Colégio Mauá no tradicional Torneio de Integração, que neste ano, em sua 37ª edição, terá o enfoque solidário em função da situação de calamidade vivenciada pelo Rio Grande do Sul por causa das chuvas. A tradicional competição vai envolver os 2,2 mil alunos, professores e pais da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio da escola. A cerimônia de abertura oficial do Torneio, programada para o dia 21 de maio, no Ginásio Poliesportivo Arnão, foi cancelada em razão do atual momento.

Os alunos participam de competições nas modalidades de futebol de campo, futebol 7, vôlei, atletismo (saltos, lançamentos, arremessos e corridas), xadrez e basquete. Já os pais, são convidados a participarem de disputa no Vôlei (feminino e masculino); Basquete (masculino) e Futebol (masculino), com inscrições on-line e vagas serão limitadas (20 para cada modalidade), dentro de cada equipe. Os jogos com a participação dos pais acontecerão aos sábados, a partir das 8h30, sendo no 6º ano ao Ensino Médio (dia 18), e da Educação Infantil Unidades 1 e 2 e 1º aos 5º anos (dia 25).

Na programação dos jogos, destaque também para o tradicional show artístico, que será realizado no dia 23, a partir das 19h30, no Teatro do Colégio Mauá. “Convidamos a comunidade escolar para participar desse momento tão importante para alunos, pais e colaboradores. Em momentos como esse temos a oportunidade de nos unirmos e celebrarmos a integração por meio do esporte”, destaca o diretor do Colégio Mauá, Nestor Raschen.

Solidariedade – Além das disputas em diferentes modalidades esportivas e artísticas, o 37º Torneio de Integração terá uma atividade especial em solidariedade às famílias atingidas pela enchente. Integrantes das equipes Chaparral, Cometa e Atlantis, serão desafiados a arrecadarem três toneladas de alimentos. “Há uma preocupação, por parte da assistência social, de que, mais adiante, as campanhas sejam centradas em agasalhos, móveis e utensílios de construção e que a alimentação possa ser esquecida. Além disso, vamos doar parte dos alimentos aos hospitais. É uma forma muito especial de marcarmos essa edição com a solidariedade”, completa o diretor.

Posts recentes

Quer saber algo mais?

Agende um contato conosco. Nós ligamos para você!